Sociedade Tecnologia

Pentágono vai colocar em órbita um ‘olho que tudo vê’

O que poucos anos atrás parecia ficção científica torna-se agora realidade. A empresa dos EUA Ball Aerospace & Technologies Corp está a desenvolver um protótipo espacial de satélite espião da próxima geração.

A MOIRÉ (Membrane Óptica Imager Exploração Real-Time, por sua sigla em Inglês) será capaz de fornecer imagens e streaming de vídeo a qualquer hora, de qualquer lugar na Terra.
A sua tarefa será compensar lacunas na operação de aviões de espionagem que têm um território e tempo de observação limitado e, além disso, são vulneráveis a defesa aérea inimiga. Especificamente, será dedicado a seguir as instalações de lançamento dos mísseis que se movem em terra com uma velocidade de 100 quilómetros por hora.
O MOIRÉ será colocado em órbita geoestacionária e cobrirá uma área de 100 quilómetros quadrados, com uma resolução óptica de pelo menos três metros. Tem que fazer observações 24 horas por dia, renovando a imagem a cada segundo e transmitindo dados simultaneamente para o centro de controle em Terra.
O inovador satélite é baseado em fibra óptica com uma abertura de entrada de luz (isto é, o diâmetro do feixe na entrada) de 20 metros.Para se ter uma ideia, a abertura do infravermelho do James Webb Space Telescope que a NASA está a desenvolver para substituir o lendário Hubble será de apenas 6,5 metros.
O projeto foi encomendado pela Agência de Projetos de Pesquisa Avançados de Defesa  (DARPA, por sua sigla em Inglês). Na segunda etapa, a Ball Aerospace espera para construir um satélite de protótipo de 5 metros e de teste nos seus laboratórios. A terceira etapa envolverá a construção de um satélite em tamanho real, a 10 metros de altura, e para ser lançado para um vôo de teste em órbita. O MOIRE custou cerca de US $ 500 milhões.
Fonte: RT
Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas