Insólito Polémico Sociedade Tecnologia

Cientistas da DARPA querem transcrever e guardar todas as conversas do dia-a-dia!

Pode parecer uma teoria da conspiração, mas a nossa pegada digital poderá ficar cada vez maior – cientistas do Pentágono procuram uma maneira de transcrever TODAS as conversas do mundo real  para arquivos legíveis!

darpa-conversations-lease-crowdsourcing.si«Uma espécie de feed do Twitter mas de conversas da vida do dia-a-dia» segundo Robert Beckhusen da Danger Room da Wired.

“Imagine viver num mundo onde cada palavra ou enunciado que diz ficará preservado no contexto certo”, escreve Beckhusen num artigo desta semana sobre este projecto da DARPA (Agência de Defesa e Investigação Avançada Norte-Americana – criador de muita tecnologia militar de ponta e da própria Internet), que foi entregue a um cientista da Universidade do Texas – Matt Lease.

Lease recebeu algumas centenas de dólares da DARPA como apoio para encontrar uma forma de digitalizar conversas por telemóvel, reuniões e qualquer conversa casual do dia-a-dia.

O projeto chama-se “Blending Crowdsourcing with Automation for Fast, Cheap and Accurate Analysis of spontaneous Speech” e Lease irá receber 300,000 dólares do governo para trabalhar neste projecto depois de ter ganho um prémio em 2012 da própria DARPA.

Lease já trabalhou antes com o Pentágono num outro projecto – EARS – no qual procurou a melhor forma de transcrever diálogo para texto. Com o respeito conquistado, a DARPA depositou nele este ambicioso e megalómano projecto de simplificar, registar e armazenar as conversas orais do dia-a-dia. E a estratégia, segundo Lease, passará pela aplicação do conceito de crowd-sourcing (informação fornecida por todos).

Segundo a Wired, o resultado final poderá significar que as conversas e os eventos podem ser transcritas e editadas através de crowdsourcing, depois, eventualmente e facilmente, serem partilhadas com amigos, família e colegas.

Uma vez que digitaliza, esses diálogos também poderão ser utilizados para fins generalistas de pesquisa. Esta questão levanta, obviamente muitas preocupações. preocupações estão aparecendo rapidamente. Por um lado, há a questão de possíveis violações de privacidade provocada pela constante  recolha de dados. Depois, claro, há a questão do que é que vai ser feito com tudo aquilo.

Num momento em que se discutem questões de violação de privacidade constante por empresas que vendem informações sobre os seus clientes, ou dos próprios governos que obrigam gigantes como Google e Facebook a fornecerem os dados dos seus utilizadores, ou a própria utilização da Web Social que parece não afetar o público em geral que não se importa minimamente de expor por completo a sua vida aos amigos e a mais quem tiver acesso.

Fonte: Wired 

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
  • Andrey

    Me parece um pouco óbvio o que vai feito com as informações levantadas em todo o mundo por uma agência de inteligência da nação mais poderosa do planeta. Não?

Partilhas