Ciência Genética Polémico

Alerta sobre libertação de moscas transgénicas na Catalunha

01_olive_fruit_fly_frontpage A organização espanhola ‘Amigos de la Tierra’ e a britânica ‘GeneWatch UK’ publicaram um relatório onde alertam para os elevados riscos que se estão a correr com a decisão de libertarem moscas transgénicas para o ambiente. Esta experiência, a realizar-se na Catalunha tem ainda autorização pendente e destina-se a controlar a praga de moscas das oliveiras.

O documento adverte que a possibilidade de entrada de moscas transgénicas na cadeia alimentar e ecossistema local terá repercussões imprevistas sobretudo no azeite e sua comercialização. A responsável pela Agricultura e Alimentação dos ‘Amigs de la Tierra’, Blanca Ruibal, pede um debate amplo e pormenorizado sobre este evento e todas as partes afectadas.

«Se os consumidores, do sector de oliveiras e indústria de azeites, recusam esta proposta é absurdo correr os riscos imprevisíveis desta experiência.»

A experiência consiste em soltar moscas macho transgénicas para que reproduzam com as moscas silvestres, depois e devido à alteração genética, as crias morrerão ainda em fase de larva. A ideia é evitar que as larvas cheguem a adultas para se reproduzirem segunda vez e deste modo reduzir drásticamente a população de moscas das oliveiras, uma das maiores prgas que afectam este sector.

fotonoticia_20130918115548_500

O relatório assegura que as moscas transgénicas não apresentam nenhuma solução já que existirá de qualquer das formas ovos a serem postos nos frutos pelo que ao morrerem, as larvas, morrerão dentro desses mesmos frutos e serão eventualmente consumidas pelos humanos nos vários subprodutos em que a azeitona é usada. Assim não só se estão a abrir precedentes perigosos de mexer no ecossistema como não se estará a resolver o problema dos danos nas culturas.

Nesta experiência a empresa inglesa Oxitec solicitou uma autorização para a libertação das moscas transgénicas em Tarragona e até hoje as autoridades continuam sem perguntar à população ou aos devidos meios de fiscalização sobre os efeitos deste evento transgénico. A ser autorizado esta experiência seria a primeira desta natureza em qualquer dos 28 países da União Europeia e a primeira a utilizar estas moscas transgénicas.
Por fim, as supracitadas associações solicitam aos responsáveis que não autorizem esta experiência devido aos altos e imprevisíveis riscos para o meio ambiente, saúde pública e produção de oliveiras.

E assim vai o humano na sua senda de destruição da Natureza… e tão pertinho de nós portugueses!

Fontes: EuropaPress.es

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
  • Alvacir Alexandre Da Silva

    Essas pesquisas tem que ser feitas e estudar todos os impactos que elas produzem ou para o bem e o mal se trouxer certos problemas de saúde no produto é hora de descobrir outros meios mais eficientes e menos agressivo ao meio ambiente e as criaturas tudo no Planeta tem solução criador e criatura e imaginação e o sonho não acabou quando menos se espera aparece soluções para todos esses casos não só em plantas como para nos humanos.

Partilhas