Polémico

Vaticano tentou assassinar João Paulo II?

ng1371117[3]

ng1371117[3]Mehmet Ali Agca, autor do atentado contra o papa João Paulo II, a 13 de Maio de 1981, acusou em 2010, o Vaticano de ter estado por detrás do crime como mandante e impulsionador de condições para isso. Curiosamente, além de uma pequena notícia no Jornal de Notícias e Diário de Notícias de 10 de Novembro de 2010 nenhum outro meio de comunicação mencionou o assunto até hoje… e a notícia perdeu-se no tempo.

Decidimos reanimar a notícia, é importante que saiba aquilo que não querem que chegue a si. Neste caso mais ainda porque na verdade nem sequer uma investigação foi aberta e o homicida passou a louco e foi silenciado nos contactos com o exterior.

A notícia rezava assim:

Homem que tentou matar João Paulo II diz que ordem partiu do Vaticano

Publicado em 2010-11-10

Ali Agca culpou o secretário de Estado do Vaticano, Agustino Casaroli, como a pessoa que supostamente arquitectou o assassinato do papa.

“Definitivamente, o Governo do Vaticano esteve por detrás da intenção de assassinar o papa. O cardeal Agustino Casaroli, o número dois do Vaticano, decidiu assim”, disse Ali Agca, em declarações exclusivas à televisão pública turca TRT.

João Paulo II foi atingido com gravidade por três tiros, quando viajava num veículo aberto, na Praça de S. Pedro, no Vaticano, a 13 de Maio de 1981.

A ordem de execução terá chegado através de um agente do Vaticano, identificado por Agca como “padre Michele”, disse. “Pratiquei várias técnicas de ataque com o padre Michele e com outro agente do Vaticano. Reuni-me muitas vezes com ele e fomos até à praça de S. Pedro para planear o atentado”, contou.

Ali Agca explicou, ainda, que durante o encontro que teve com João Paulo II, em Dezembro de 1983, o papa não o questionou sobre a autoria do atentado, porque o chefe da igreja católica “sabia muito bem que o Vaticano estava por detrás”.

Agca tem 52 anos e esteve preso numa prisão italiana durante 19 anos e 10 anos numa cadeia turca, de onde foi libertado em Janeiro deste ano.

Agora, e já que ninguém se preocupa com isto, cabe a si mesmo fazer o seu próprio juízo de valor pois se conhecer os dois lados de uma moeda poderá escolher se a quer usar!

Fonte: Jornal de Notícias

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
  • Stabelcar
    Tal como fizeram com João Paulo I. Nesse caso tiveram sucesso. Ver investigação de David Yallop no seu livro “Em nome de Deus” das Publicações Dom Quixote.
  • josé sobral ribeiro
    Sobre o Papa João Paulo II…não me admira nada que assim seja.O Vaticano como Sede de uma Igreja de comércio e de política, faz de tudo para ter o seu rumo seguro… e se algum dos seus líderes é eleito tem de seguir esse rumo.Estou apreensivo quanto ao Papa Francisco.Ele tem boas intenções, mas em muitas das suas decisões vai ter de voltar a atrás. O Celibato é intocável, ele disse-o logo, as outras acções , bem vamos esperar para ver… o crime sempre andou de mãos dadas com aquele antro a fingir de santidade, de sorrisos e de solidariedade! alguém vê aqueles espantalhos avermelhados e arroxeados junto do povo, andar de autocarro,comboio,bicicleta, a pé e de humilde vestimenta? tirem daí as vossas conclusões.O Vaticano é um vulcão infernal,um purgatório para quem o vê um céu cheio de nuvens de escândalos clericais.Uma pena!
    • Adelino Fernandes de Sousa
      Este homem é louco!…Porque está disfarçado de frade?! Os adversários da verdadeira Igreja de Cristo fazem de tudo para a destruir, mas deviam ler o que Jesus afirmou: “As forças do Mal não a vencerão”. E basta ler a História. Já lá vão 2013 anos, senhores, deixem-se de tolices e divagações perversas e difamantes!
Partilhas