Desastres Mundiais Polémico

Corrida contra a catástrofe em Fukushima!

Fukushima-Meltdown

Fukushima-MeltdownA remoção de combustível do Reactor 4 da Central Nuclear de Fukushima ameaça tornar-se num evento com consequências apocalípticas em caso de problemas já que a radiação das varetas de combustível e seus resíduos equivalem facilmente a 14.000 Bombas de Hiroshima.

Na realidade todo este processo tem sido noticiado como bem sucedido nos últimos meses mas a realidade está longe de ser essa e tal como dissemos num artigo anterior, Fukushima é uma bomba relógio!

A corrida contra os problemas provocados pelo mau tempo, trombas de água, ameaças de tsunami e os recentes sismos e suas réplicas tem sido incansável e na realidade já se conseguem medir níveis de radioactividade 20 vezes acima do aceitável na costa americana do pacífico e conta-se já com autênticas ‘chuvas ácidas radioactivas’ para os próximos tempos.

O Reactor 4, danificado e a afundar deverá ser alvo de intervenção urgente até dia 8 de Novembro e o operador da TEPCO irá tentar remover 1300 varetas de conbustível em ‘decomposição’.

A potencial radiação libertada nesta situação pode apenas ser descrita como apocalíptica. Só o Césio equivaleria ao resíduo radioactivo de 14.000 bombas de Hiroshima. Se o trabalho der para o torto a radiação libertada pode forçar à evacuação de todos os humanos de uma vasta zona e um colapso do equipamento electrónico. A humanidade assistiria sem poder reagir a biliões de ‘curies’ de radiação mortal a ser lançada para o ar e para o oceano.

Pode soar alarmista, este alerta de Wasserman, mas ele é apoiado pela investigadora de resíduos nucleares Christina Consolo que disse à RT que o pior cenário pode ser um apocalipse. Wasserman continua, para justificar o porquê de todos os olhos da humanidade deverem estar sobre Fukushima:

É uma questão que transcende o ser-se anti-nuclear. O destino da Terra está em causa aqui e o mundo deve estar atento a cada movimento naquele local. Com mais de 11.000 varetas de combustível espalhadas pelo local e um fluxo ininterrupto de águas contaminadas para o oceano  é a sobrevivência que está em causa.

Saiba mais porque devia estar atento a Fukushima (em inglês):

Fonte: Global Research

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas