Polémico Saúde

Sabe mesmo o que está no seu chá?

Food-Babes-Tea-Drawer1

O chá é algo que grande parte das pessoas consume diariamente e em muitas casas é quase sagrado. Bebemos chá porque sabemos que vem de ervas e cada uma delas tem o seu benefício incrível para a saúde. Mas já se preocupou em ver o que cada marca põe dentro das saquetas de chá além das letras grandes do rótulo?

Existem tantas variedades de chá que promovem a digestão, o metabolismo e até previnem certas doenças ou estados mentais.
Esta investigação sobre os ingredientes do chá foi feita com muito cuidado e as conclusões não são teorias, são factos que poderá comprovar por si mesmo.

A milenar tradição de consumo de chá remonta às primeiras dinastias aristocratas chinesas que o consumiam por razões medicinais. Antigamente, por exemplo, as folhas da Camellia Sinensis eram transformadas em pó ou secas ao sol e postas em água fervida para infusão. Infelizmente, o chá dos dias de hoje não é mais do que uma versão adulterada do passado.
Uma grande parte das maiores marcas de chá, sob o disfarce de promover a saúde e benefícios vários, são uma fonte de pesticidas, toxinas, ingredientes artificiais e os famosos OGM (organismos geneticamente modificados).

Chás Convencionais de Pacote e Saqueta: pesticida em infusão!

Sabia que a grande maioria das empresas não lava o chá depois de seco antes de inserir nas saquetas? Isto quer dizer que folhas vaporizadas com vários pesticidas vão directamente para a sua chávena de chá. E esta deveria ser a PRIMEIRA razão para que o chá esteja na sua lista de produtos orgânicos apenas.

CrazyChemicalsInTea2
Qualquer das marcas acima foi recentemente analisada por vários estudos da Glaucus Research que encontrou que 91% do chá testado tinha resíduos de pesticidas em excesso para os parâmetros legais instituídos pela FDA (nos EUA). Por exemplo, o chá da Celestial Seasonings (marca líder nos EUA) com o nome Sleepytime Kids Goodnight Grape Herbal continha 0.26ppm de propachlor, um conhecido carcinogéneo. Por outro lado, ainda na Celestial Seasonings, a linha Wellness continha propargite, uma toxina carcinogénea.

Chás da Lipton, Trader’s Joe, Tea Fortè, Twining’s, entre outras marcas têm ainda aumentadores de sabor artificiais e naturais para esconderem a baixa higiene e qualidade das plantas e não esqueçamos que quase todos utilizam lecitina de soja geneticamente alterada ou essência de milho também geneticamente alterado. Fica no ar a questão, porque é que um simples chá preto da Lipton necessita de ter milho geneticamente alterado e aumentadores de sabor?

Agora imaginem o que acontece com saquetas destas em água a ferver!

Não podemos negar o elevado risco do consumo de pesticidas, aumentadores de sabor e principalmente organismos geneticamente modificados. Quando as marcas que encontra no supermercado não oferecem segurança de serem artigos biológicos talvez a solução seja procurar as ervas por si mesmo e de origem conhecida e controlada.

Food-Babes-Tea-Drawer1

Os sacos, saquinhos e saquetas!

Recentemente um artigo no The Atlantic discute ao pormenor a importância da saqueta que contém as folhas de chá e ao que parece a grande maioria é feita de uma parte considerável de plástico ou PLA (Ácido Polylactico) feito à base de milho geneticamente alterado. a razão da escolha é o preço baixo, o aspecto atractivo e a sua capacidade biodegradável.
O problema é que alguns investigadores, como Dr.Mercola afirmam: «Enquanto que estes sacos de compostos de milho e plástico são benéficos para o ambiente e aparentemente inofensivos, as suas moléculas quebram e alteram com subidas de temperatura libertando-se para o ambiente… e não é com água a ferver que se faz o chá?»

A solução?

A solução não é simples mas pode começar por observar a tabela abaixo compilada para  mostrar todas as marcas analisadas nos EUA e os problemas detectados.

Tea-Comparison-Chart
Agora o ideal será seguir uma linha mais saudável para os seus chás:

  • 1. Escolha ervas biológicas e sem pesticidas durante o crescimento e secagem.
  • 2. Veja com atenção os ingredientes no rótulo ou caixa procurando por aumentadores de sabor ou elementos de soja ou milho (seguramente geneticamente alterados)
  • 3. Certifique-se que o tipo de saqueta é segura ou simplesmente utilize outro método sem a saqueta por completo.

Se conhece amantes de chá e dos seus efeitos faça a sua parte e partilhe esta informação importante.

Fonte: no próprio texto

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
  • Vera Brasil
    Só me faltava essa..tudo contaminado..é mesmo o Armagedon! Nossa..fuiiiiiiiiiiiii
    • Francisco Coelho
      podes beber o cha, compra os sacos grandes, e usa um coador de metal para coar, nao uses esse tipo de saquetas… sempre achei que aquilo tava cheio de quimicos.
      • Sonia Alves
        mas Francisco eu ja faco isso, mas o que o artigo aponta e para o facto de as folhas em si estarem contaminadas com pesticidas e as mesmas nao sao submetidas a lavagens antes de secar. Eu propria vivi uns tempos no Sri Lanka e essa ideia passou me pela cabeca
  • V.Gomes
    A final qual o chá que podemos beber
    • Carla Ventura
      Eu faço chá de alecrim, erva cidreira, hortelã, casca de cebola, menta -chocolate, tudo do meu quintal directamente, mas basta plantar as ervas num vaso, é bem mais útil que flores
  • Arthur Muller
    eas brasileiras, Prenda, Chileno, entre outras, não quero saber de marcas que não consumo mesmo………
  • Dina miguel encarnacao
    Adorei a informação …É bom sermos bem informados …obrigado
  • claudia maria
    Bem, eu compro chá a granel, em loja de produtos naturais.
  • Célia Sousa
    É por essa razão que uso o meu chá em folhas, comprado em casa de produtos naturais, estarei certa ? e também os que tenho no quintal…
Partilhas