Polémico Sociedade

Uma ‘pedrada’ nas vendas de Marijuana no Uruguai

uruguay-legalizes-marijuana-dollar.si

uruguay-legalizes-marijuana-dollar.siO Uruguai prepara-se para ser o primeiro país do mundo onde a venda de marijuana será legalizada e a 1 dolar a grama. A decisão deverá passar no senado em meados de Novembro e estima-se que o estado arrecadará o controlo sobre uma indústria de mais de 40 milhões de dólares.

A legislação aprovada nas instâncias mais baixas e com o apoio do Presidente José Mujica viu a luz em Agosto deste ano. A medida faz parte de uma iniciativa de combate à venda de drogas ilegais na América Latina e controlo da violêsncia dos poderosos cartéis de droga que dizimam várias partes da região.

Os legisladores concordaram num preço inicial de 1 dolár por grama da droga para competir directamente com o mercado negro que a fixa a pelo menos $1.40 dolares por grama.
O director da «National Drug Board» José Calzada comunicou ao jornal nacional El País que trazer esta indústria sob controlo governamental «irá fornecer um sítio seguro de compra de um produto de qualidade e a preços standard.» Assegurou que uma grama é suficiente para «um charro grande e três mais finos» e estimou que a primeira colheita legal de de marijuana estará no mercado a meio de 2014.

A legislação estipula um número de condições que irão estruturar a venda da droga e os uruguaios terão de se registar numa base de dados secreta para poderem comprar as suas doses que poderão ascender até um máximo de 40 gramas por mês. Além disso, os cidadãos poderão cultivar legalmente seis plantas de marijuana por cabeça ou organizarem-se em grupos ou clubes de até 45 membros com a possibilidade de plantarem 99 plantas. O estado uruguaio irá ainda fornecer aconselhamento aos consumidores da droga: «Além de poder fumar a marijuana num cigarro, podem ainda vaporizá-la – que é bem mais saudável – ou consumi-la em comida como bolos», explica Calzada.

Ainda há uma série de detalhes a finalizar para que a lei seja aprovada no Uruguai e até esta altura nenhuma verba foi canalizada para financiar o novo Instituto para a Regulamentação e Controlo da Cannabis.
A iniciativa levou a que a oposição levasse a cabo uma sondagem junto da população onde afirmam que 60% dos habitantes são contra esta ideia, mas a «National Drug Board» estima que existam mais de 120.000 consumidores de marijuana no Uruguai, numa população de 3.3 milhões e que terão de cultivar um mínimo de 20 hectares para satisfazer a procura. Como parte da iniciativa o governo uruguaio prevê a passagem de autorizações oficiais de cultivo a particulares que estarão autorizados a utilizar terras do governo.

Fonte: RT

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas