Polémico Sociedade

Ameaça séria às Pirâmides do Egipto e à Esfinge

640x392_46305_249354Desde Novembro de 2012 que é oficial o pedido de ‘jihad’ contra os falsos ídolos por parte do líder extremista islâmico Murgan Salem al-Gohary. Segundo ele, as pirâmides e a esfinge são alguns dos ídolos que o Islão se deveria unir para destruir o quanto antes, tal como fizeram às estátuas de Buda no Afeganistão.

 

640x392_52727_249092

O líder egípcio da jihad, com ligações auto-proclamadas ao movimento Taliban, insiste cada vez mais na «destruição da Esfinge e das Pirâmides de Gizé» lembrando o sucesso da campanha contra as estátuas/relíquias de Buda no Afeganistão. O extremista Murgan Salem al-Gohary, duas vezes condenado pelo governo de Hosni Mubarak por advogar violência e incitar a actos terroristas, afirmou: «Todos os muçulmanos são obrigados a aplicar os ensinamentos do Islão e remover todos os ídolos, tal como fizemos no Afeganistão quando destruímos as estátuas de Buda. (…) Deus ordenou ao Profeta Maomé que destruísse todos os ídolos e quando eu estava com os Talibans destruímos essas estátuas já que o governo foi incapaz de o fazer.»

Nos últimos meses, o receio de que os ultra-conservadores políticos Salafi queiram re-iniciar os debates sobre as antiguidades egípcias tem surgido. Os fundamentalistas Salafis têm vindo a exigir que as estátuas dos faraós sejam tapadas, pois são ídolos óbvios, mas o governo não dá indicação de resposta ou de posição oficial.

Felizmente, várias organizações mundiais (incluindo a UNESCO) têm estado atentas desde essa altura, mas com as crescentes revoltas no Egipto e a conturbada questão política e social local cada vez mais as Pirâmides tremem de medo ao eventualmente testemunhar o fim da sua vida milenar!

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas