Polémico

Greenpeace contra a «pausa» da Nestlé

Todos precisamos de uma pausa, e já todos ouvimos a publicidade de «fazer uma pausa com Kit Kat», mas a Greenpeace adverte que o que realmente merece uma pausa é a desflorestação incontrolada baseada em negócios multimilionários e empresas sem escrúpulos.

kit kat 1

O grupo Greenpeace tem na sua mira uma marca bastante conhecida, o famoso Kit Kat, da grande multinacional Nestlé. Nesta nova polémica campanha mostram num vídeo disponibilizado no YouTube que o Kit Kat utiliza um óleo de palma como matéria prima principal para o seu chocolate recordista de vendas.
Porém todo o problema gerado é que, para que sejam cultivadas as palmas, extensas áreas de florestas da Indonésia estão a desaparecer a olhos vistos e com elas várias espécies da fauna causando a extinção dos orangotangos da região. A campanha tem como objetivo passar a mensagem e pedir para que os consumidores parem de comprar produtos da empresa que produz o Kit Kat.

“Peça à Nestlé para dar uma pausa às florestas”, diz a Greenpeace na sua mais recente campanha, viralizada na internet. É que, para produzir o chocolate Kit Kat, a Nestlé compra óleo de palma da Sinarmas, maior destruidora de florestas da Indonésia. Segundo a ONG, a Sinarmas retira a vegetação nativa e queima grandes áreas para plantar palmeiras. Além de emitir uma grande quantidade de carbono para a atmosfera, prejudica a vida da população local e está acelerando a extinção dos orangotangos que vivem na região.

O vídeo não é nada agradável de se assistir, mas, pelos vistos, surtiu efeito. De acordo com a Greenpeace, a Nestlé anunciou que vai suspender os contratos com a empresa Indonésia e pediu que a Greenpeace retirasse o vídeo do ar.

Fonte: Greenpeace

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas