Insólito

Rejeição nacional obriga McDonald’s a fechar todas as lojas na Bolívia

bolivia-fast-food-mddonaldsA população boliviana não acredita na publicidade e no preparo rápido de alimentos, como nos EUA. Os bolivianos simplesmente não confiam em alimentos preparados em tão pouco tempo. As informações são da Natural News.

Sessenta por cento dos bolivianos são indígenas que preferem não trocar um alimento saudável, a gastar dinheiro num lugar como o McDonald’s. Apesar de preços convidativos oferecidos pela rede, o McDonald’s não conseguiu convencer os bolivianos a comerem os seus BigMacs, McNuggets ou McRibs.

A boliviana, Esther Choque disse, enquanto esperava um autocarro em frente a um dos franchises já fechado do McDonald´s:

“O mais perto que eu já cheguei desse restaurante foi num dia que estava a chover e subi os degraus para me manter seca. Mas os funcionários correram comigo, dizendo que eu estava sujando o restaurante. Por mim podem ir embora da Bolívia mesmo.”

Rede de ‘fast food’ permaneceu na Bolívia por uma década, apenas com perdas anuais

Oito restaurantes da rede de ‘fast food’, localizados nas cidades de La Paz, Cochabamba e Santa Cruz de La Sierra, supostamente operaram com perdas anuais. Após 14 anos de presença no país, loja após loja foram fechando as portas.

Uma profunda rejeição cultural

A partida do McDonald’s da Bolívia foi algo tão importante que um documentário começou a ser filmado, chamado “Porque o McDonald’s caiu na Bolívia”, apresentando cozinheiros, nutricionistas, historiadores e educadores rompendo a realidade repugnante do alimento oferecido pelo McDonald’s.

A rejeição não é necessariamente com base no sabor ou no tipo de alimento, mas sim uma rejeição ao sistema ‘fast food’. De forma que os bolivianos valorizam a qualidade do alimento que ingerem. O tempo de preparo das refeições de ‘fast food’ serve como um tipo de alerta para eles. Os bolivianos buscam refeições locais e querem saber que foram preparadas da maneira correta.

Este pensamento boliviano evita o processamento da carne utilizado por várias redes de ‘fast food’, como o McDonald’s.

Sabia que o McRib é processado com 70 ingredientes diferentes, que incluem azodicarbonamida, a farinha de branqueamento usada na produção de espuma e plástico? McRib constitui-se por misturas de tripas, coração e estômagos. As proteínas são extraídas da mistura muscular que liga a carne de porco, de forma que possa ser moldada nas fábricas. Embora seja vendido como costela, não existe nada de costela.

A rejeição boliviana contra o McDonald’s criou um bom exemplo para o resto do mundo seguir.

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
  • Teresa Afonso

    No meu ponto de Vista. Os Bolivianos têm razão. É lixo alimentar. Só danifica a saúde……

  • Pedrita Africanamente

    Desculpe, mas eu estive na Bolívia por vários meses e isso não
    eh verdade, realmente o Mc Donald pode ser que não vingo lá, mas não é verdade
    que é por esses motivos. A alimentação básica das pessoas na Bolívia é arroz
    cheio de óleo, frango e batata frita, é como o arroz e feijão dos brasileiros.
    E boa parte, boa parte mesmo dos restaurantes são precários, com pouca higiene,
    sem opções para vegetarianos, não há saladas, não há sucos naturais.
    Existem muitas lanchonetes fast foods e estão sempre lotadas, só que nelas além de
    lanches (principalmente com frango) também vendem o arroz, batata e frango e
    por um preço muito em conta. Acredito eu que talvez seja esse o motivo do Mc Donald
    não dar certo, o valor alto em comparação as lanchonetes locais, e por ser
    preferencia nacional o frango.

    • roxana

      Sou bolivana e não es certo que a alimentação básica seja o arroz e o frango, o que vocễ viu é comida que se come na rua, é certo que é feita
      com pouca higiene e as ofertas não são muito variadas, mas em casa a gente come bem muita verdura e cereais, a comida boliviana é muito complexa e variada isso só conhece quem mora lá e come em familia, a comida rápida é para consumo dos turistas o gente que sai a comer fora mas não acontece com a majoria da população que prefere comer em casa. Em quanto a Mc. Donalds eu acho bom que eles não estejam mais
      no meu país , é comida muito ruim e é uma empresa que explora gente .

      • Pedrita Africanamente

        Obrigada pela informação Roxana, eu fikei muitos meses na Bolivia, mas realmente nao estive num convivio familiar, o que presenciei foi nos restaurantes, e a alimentacao de turistas e tambem de bolivianos, porem dos que se alimentam na rua apenas.

  • Jany Marques

    Sensacional…Um sonho distante para o Brasil…

Partilhas