Ciência Insólito

O que as revistas científicas publicam é de confiança? Talvez não…

magazines_lgNem todos os estudos publicados em revistas científicas são sérios – alguns não são nem reais. Para denunciar isso, o repórter e biólogo norte-americano John Bohannon fez uma “partida”: escreveu um trabalho científico falso, com dados equivocados que, segundo ele, qualquer pessoa que estudou biologia no colégio saberia que eram falsos.

Depois, enviou para centenas de revistas científicas. Para completar a trama, o repórter assinou o estudo com nomes falsos de pesquisadores, associados a universidades que nem sequer existem.

O resultado foi chocante. Mais de metade das revistas contactadas – 157, no total – publicaram o estudo sem pés nem cabeça.
Numa reportagem da revista Science, Bohannon contou que o estudo falso foi publicado em periódicos científicos de acesso livre. Esse tipo de veículo é de acesso gratuito aos leitores, mas pode cobrar aos pesquisadores pela publicação.

Ao longo de dez meses, o repórter enviou várias versões da pesquisa em que fala sobre a descoberta de um líquen com propriedades anticancerígenas. Para ficar ainda mais óbvio que as revistas não fizeram nenhum tipo de verificação do estudo, Bohannon traduziu o artigo para francês, e novamente para o inglês, com um corrector automático. Apenas 36 periódicos reconheceram falhas no estudo.

Ele denunciou editoras científicas obscuras, que muitas vezes usam nomes similares ao de revistas prestigiadas para confundir os leitores. Algumas sugerem que são de lugares como a Europa ou os EUA, quando estão situadas noutros lugares. Um terço das publicações que receberam o estudo falso está sediada na Índia.

Esta não é a primeira vez que algo similar ocorre. Os criadores de uma ferramenta online chamada Mathgen, que gera automaticamente trabalhos matemáticos cheios de frases aleatórias, já conseguiram publicar um estudo falso também. Além disso, uma pesquisa mostrou que entre 1973 e 2012, 2.047 artigos sobre pesquisas biomédicas foram desacreditados e retraídos de publicações científicas, por conta de fraude.

Fonte: National Geographic/The Guardian

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
  • Sebastião Tupi

    Isso não são revistas cientificas

Partilhas