Polémico Sociedade

Papa Francisco monitorizado ao detalhe pela NSA americana

15797205Não é segredo para ninguém que as grandes figuras do mundo têm sido espiadas ao detalhe pela Agência Americana NSA, desde que Edward Snowden foi libertando informação sobre esse tema. Depois de figuras políticas importantes a revista Panorama, de Itália, revela que também o Papa não escapa aos tentáculos da espionagem.

Da avalanche de documentos secretos da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês) que vieram à tona nos últimos meses, nem o papa Francisco escapou. A revista italiana Panorama, do grupo Mediaset, de Silvio Berlusconi, indicou que escutas americanas monitorizaram também a Santa Sé.

Das 46 milhões de ligações que teriam sido interceptadas na Itália conforme reportagens publicadas pela imprensa europeia a partir de dados obtidos pelo ex-consultor da NSA Edward Snowden, em asilo temporário na Rússia, haveria chamadas do Vaticano.

Acredita-se que ‘o grande ouvido americano’ captou as conversas dos prelados no início do conclave, em 12 de Março, quando foi eleito o papa Francisco. Existe a suspeita de que até mesmo as conversas do então futuro pontífice podem ter sido escutadas. Jorge Bergoglio já era, desde 2005, objecto da atenção da inteligência dos Estados Unidos, de acordo com os relatórios do WikiLeaks. O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, minimizou: — Não temos nenhuma informação a esse respeito e, de qualquer maneira, isso não nos preocupa.

De acordo com o site Cryptome, 46 milhões de conversas telefónicas foram interceptadas na Itália durante um mês, mas esta informação foi desmentida pelos serviços secretos italianos. O Le Monde (França) e o El Mundo (Espanha) informaram nos últimos dias, com base em documentos obtidos por Snowden, que a agência americana também monitorizou mais de 70 milhões de chamadas telefónicas na França e 60 milhões em Espanha no período de um mês.

Jornal revela detalhes de estratégia usada pela NSA

O jornal The Washington Post apresentou no dia 30 de Dezembro de 2013 novas revelações sobre o modo como a NSA opera. De acordo com documentos de Snowden, a NSA invadiu secretamente, com auxílio do serviço secreto britânico, os principais elos de comunicação que conectam a rede interna do Google e do Yahoo.

A infiltração ocorria apesar de a NSA ter, num programa separado, o Prism, acesso formal a dados fornecidos pelas empresas de tecnologia. O Google disse não ter conhecimento da infiltração, mas que presumiu os riscos e que amplia acções de criptografia para proteger os dados.

A real importância desta notícia não está na surpresa de também o líder religioso dos católicos ser alvo de espionagem… mas sim no facto de este já ser seguido e investigado antes de ser assumido ao lugar de pontífice cristão.

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas