Sustentabilidade Tecnologia

Rjukan, a cidade da Noruega que criou o seu próprio Sol

rjukansol

Rjukan é uma pequena cidade da Noruega, com pouco mais de 3.500 habitantes e faz parte do condado de Telemark. De Setembro a Março os seus habitantes não conseguem ver o sol. Ou melhor, não conseguiam até o ano passado.

Uma vila norueguesa apertada num vale entre montanhas vai ser iluminada por três grandes espelhos, cada um com 163 metros quadrados, que durante os meses de Inverno irão reflectir luz solar para o centro da povoação.

Rjukan tem cerca de 3500 habitantes e está a 180 quilómetros a oeste de Oslo, a capital da Noruega. Durante seis meses esta aldeia está literalmente à sombra das montanhas que a rodeiam de ambos os lados. A baixa inclinação do Sol na temporada fria impede que a povoação receba luz directa.

Mas isso mudou, quando os três espelhos desenhados por Martin Andersen começaram a funcionar oficialmente. Os espelhos estão situados no topo de um dos montes e estão programados para direccionar os raios de luz para a praça à frente da câmara municipal atingindo um raio de cerca de 650 metros quadrados, além de reduzir os gastos com energia eléctrica, o modo de geração limpa e renovável também vai aumentar a claridade natural.

806684 rjukan rjukanespelhos rjukanmirror

A ideia já tinha sido imaginada há 100 anos por um homem da indústria da cidade, explica o jornal Huffington Post, mas não havia tecnologia para tal. Uma vila no norte da Itália no meio dos Alpes já tinha recorrido a esta tecnologia para obter o mesmo efeito.

O sistema é controlado por um computador inteligente, instalado no edifício da Câmara Municipal de Rjukan. Sensores automáticos seguem a trajectória do sol e calculam a melhor posição para reflectir os raios na parte inferior do vale. Se o projecto norueguês saiu do papel apenas em 2013, a ideia existe no mundo há mais de um século.

No entanto, antes da implantação dos espelhos, os habitantes de Rjukan só poderiam ver o sol por meio de um teleférico, que levava as pessoas ao topo das montanhas.

Fonte: Público

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas