Astronomia Ciência

6 meses da terra em 6 minutos!

Um astronauta alemão ofereceu um presente de natal a todos os apaixonados pelo espaço ao combinar milhares de fotografias tiradas por ele durante a sua missão no espaço e converteu-as num vídeo.

O vídeo de 6 minutos revela o drama e a beleza do planeta Terra visto de órbita.

O astronauta da ESA (European Space Agency) e estrela de televisão Alexander Gerst voltou da missão de 6 meses na International Space Station, onde além das outras tarefas consegui tirar 12,500 fotografias da Terra e do espaço.

As fotografias incluem imagens da via láctea, das constelações, da luminosidade, das cidades à noite e das luzes cintilantes que seguem o caminho do rio Nilo do Egipto.

Alguns dos destaques do vídeo incluem um braço robótico que se estende para agarrar a nave espacial Cygnus (1:35) e de seguida a libertá-la para a viagem de volta (4:50)- O vídeo termina com uma última incrível Aurora, uma das muitas que o astronauta observou.

Veja o vídeo e deixe-se apaixonar:

Gerst partilhou grande parte das fotografias no Twitter durante o último ano durante a sua estadia na ISS, mas vê-las todas reunidas em Ultra HD consegue transmitir realmente a impressão muitas vezes descrita pelos astronautas que já estiveram no espaço.

4 Months in orbit. Feels like a second #home now. #ISS #BlueDot pic.twitter.com/hMaszthJQ8

  “Visto de alguma distância, o nosso planeta é apenas um ponto azul, uma frágil nave espacial para a humanidade” referiu Gerst numa declaração escrita. “Precisamos de entender o Universo em que vivemos para protegermos a nossa casa”  

Gerst é um Geofísico e Vulcanologo. Durante os seis meses na ISS, ele e 5 engenheiros conduziram cerca de 40 experiências diferentes como fisiologia humana, biologia, radiação, pesquisa solar, biotecnologia, física de fluidos e astrofísica, bem como demonstrações de tecnologia.


A missão foi chamada de Ponto Azul após a descrição da terra pelo astrónomo Carl Sagan ser de “um pálido ponto azul” como foi visto numa fotografia tirada pela Voyager da NASA a 6 biliões de quilómetros da Terra.

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas