Espiritualidade Saúde

Harvard confirma: A meditação faz bem ao cérebro!

Com certeza já ouviu falar da massa cinzenta no seu cérebro, mas e sobre a massa branca? Este é um componente importante do sistema nervoso central, cérebro e nervos da espinha que cercam inúmeras células gliais que ajudam a transmitir sinais eléctricos de uma parte do cérebro para o outro, assim como por entre os centros do cérebro. Também se pode dizer que a massa branca é a auto-estrada do cérebro.

 

Uma descoberta publicada no Proceedings of the National Academy of Sciences, revela que cientistas estudaram a atenção do cérebro que estavam em meditação e estudaram-nos durante 4 semanas.
Utilizando um tensor de difusão de imagem, puderam determinar a eficiência da massa branca do cérebro através da anisotropia fraccionada (FA).

Apenas com 4 semanas de treino de relaxamento, um melhor funcionamento foi encontrado em áreas perto do córtex cingulado anterior. Também observaram reduções na difusibilidade radial (RD), incluído melhoras na mielina com reduções na difusão axial (AD) e envolvendo outros mecanismos tais como a densidade axonal. Isto tudo significa que obtiveram melhoras em relação ao humor, á comunicação do cérebro e maior neuro-plasticidade num pequeno período de tempo.

Isto também significa que uma melhor conexão entre as fibras nervosas do cérebro podem ajudar crianças com problemas de aprendizagem ou comportamentais, e até reduzir distúrbios na massa branca.

O estudo abstracto refere:” Este padrão dinâmico de mudança massa branca que envolve o córtex cingulado anterior, uma parte da rede do cérebro ligada à auto-regulação, pode ser um meio de intervenção que melhore e previna os nossos transtornos mentais. Os resultados demonstram neste espaço de tempo a neuroplasticidade da massa branca na meditação a curto-prazo. Este padrão dinâmico de mudança da massa branca pode ser um meio de melhorar ou prevenir transtornos mentais”

 

Esta descoberta é ainda mais entusiasmante quando acompanhada com o resultado da pesquisa de pessoas que meditam habitualmente que demonstra que têm mais massa cinzenta em regiões do cérebro que estão directamente ligadas à atenção, regulação da emoção e flexibilidade mental.

Assim chegamos à conclusão que a meditação é boa para o cérebro de todas as maneiras possíveis.

 

Fonte: Harvard

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas