Política

Poderá Portugal proibir o cultivo e comercialização de transgénicos?

milho311003

Por iniciativa de «Os Verdes», discute-se na próxima quinta-feira, na Assembleia da República, a proibição do cultivo, comercialização e libertação deliberada em ambiente de Organismos Geneticamente Modificados (OGM).

Mais de 70% dos cidadãos dos diversos Estados da UE recusam o consumo de transgénicos, pelos riscos que comportam para a saúde e para o ambiente, segundo o PEV, em comunicado enviado à redacção.

Cerca de 95% não admite prescindir do direito de poder rejeitar OGM. Acontece, segundo «Os Verdes», que «a União Europeia preferiu deixar a porta aberta às multinacionais do sector agroalimentar e não foi respeitou a vontade dos cidadãos e, actualmente, quando um alimento contém matéria transgénica em quantidade inferior a 0,9%, dispensa-se informação ao consumidor». Também quanto ao cultivo, «a UE preferiu ceder aos interesses da Monsanto e autorizou, em 1998, o cultivo do milho transgénico MON810», acrescenta-se na nota.
 
Face à recente deliberação da UE que determinou que a decisão sobre o cultivo de OGM passará a competir a cada Estado-membro, o PEV considera que «é tempo de Portugal se desvincular da profunda leviandade com que tem permitido a presença de OGM nos campos agrícolas. Assim, o grupo parlamentar «Os Verdes» apresentou o Projecto de Lei em causa que, em conformidade com o princípio da precaução e tendo em vista a protecção da saúde humana e do ambiente, toma como objetivo a proibição de produção e comercialização de OGM.

Fonte: DiárioDigital

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas