Polémico Ufologia

O mistério do Vale da Morte na Sibéria

ufo-calderao2_thumb

Níveis de radiação inexplicáveis alimentam histórias de alienígenas e demónios antigos e ufólogos russos acreditam que os”caldeirões” são os restos de OVNIs, destruídos num acidente ou uma antiga batalha aérea.

A taiga siberiana é uma vasta região do Norte da Rússia e do Cazaquistão que conta com uma floresta inexplorada e misteriosa com mais de 100 mil km² de área. Algumas regiões, como a de Yakutia, no oeste, são completamente desabitadas. Não há trilhas ou lugares para passear, apenas pântanos, árvores enraizadas umas nas outras e mosquitos.

imagesÉ nesse lugar que um mistério da natureza alimenta as lendas do Vale da Morte. Segundo os registos de expedições do século passado e de aventureiros que se dispõem a explorar o local, a taiga conta com estruturas metálicas que brotam do solo congelado pelas temperaturas de 40 graus abaixo de zero.

Essas estruturas podem ser encontradas em galerias subterrâneas, cujo acesso é feito por escadas sinuosas. Dentro delas, a temperatura ambiente é agradável e quente. Também chamados de “caldeirões”, essas estruturas de metal estão desaparecendo com o tempo e, em seu lugar, manchas avermelhadas no solo é tudo o que tem restado.

normal_VoD1Por alguma razão, esses lugares são perigosos para animais e seres vivos. Basta ficar um pouco próximo a uma dessas manchas para que você sinta tonturas e desmaie. Há relatos de sequelas de uma doença desconhecida e letal.

Para os anciãos da tribo dos Yukatians, a explicação é que todo o ambiente seria a morada de demónios antigos, conhecidos como Niurgun Bootur e Tong Duurai. Ufólogos russos defendem outra tese, a de que os caldeirões nada mais são do que OVNIs destruídos numa antiga batalha aérea. Actualmente, o nível de radiação no local vem crescendo lentamente e a vida selvagem está a deixar a floresta, como se prenunciasse que algo grandioso está para acontecer. Enquanto não se descobre a verdadeira origem dos caldeirões – acredite, não há muitas expedições para lá e as poucas que foram não ganharam muito crédito por parte da comunidade científica –, o mistério permanece.

Tudo o que se sabe por enquanto é que o Vale da Morte é provavelmente um tesouro geológico, com montanhas magnéticas e minérios de titânio em abundância. Trata-se de um mistério ainda não explorado e que, devido às suas condições adversas, não encontra financiadores para expedições mais complexas.

Uma equipe de cientistas e pesquisadores no final de uma expedição na Sibéria e do Vale dos Mortos alegaram ter encontrado provas de que pelo menos cinco dos caldeirões lendários foram supostamente construídos por alienígenas.

“Saímos para o Vale da Morte para realmente ver e investigar os caldeirões que as pessoas dizem existir lá e realmente encontramos cinco objectos metálicos enterrados no pântano”, disse o cientista Michale Visok numa entrevista a um jornal russo sobre o que tinham encontrado.

Michale deu os seguintes detalhes sobre esses objectos de metal:

– Eles estão submersos em pequenas piscinas de pântano com água a pelo menos 1 metro de profundidade.
– Eles são definitivamente metálicos.  Os cientistas entraram em cada pântano e andaram em cima dos objectos e foi possível ouvir sons metálicos ao colidir com os objectos.
– Os objectos são muito suaves ao toque, mas há pontos afiados ao longo das bordas externas.
– 2 dos membros da equipe ficaram doentes durante a investigação
– A equipe foi composta por três geólogos, um astrofísico, um mecânico engenheiro e 3 assistentes de pesquisa.

YouTube Preview Image

O pesquisador Dr. Valerey Uvarov argumenta que eles estão conectados a instalações localizadas nas profundezas da Terra, uma arma para proteger o planeta dos perigos no espaço exterior, Extraterrestres teriam construído nos tempos antigos, ele diz, e agora eles funcionam automaticamente, depois de ter derrubado o meteorito Tunguska em 1908, o meteorito Chulym em 1984, o meteorito Vitim em 2002 e possivelmente em 2011 o meteorito Irkutsk.

Continua no entanto um mistério por resolver.

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas