Sociedade

Boko Haram alia-se ao Estado Islâmico (ISIS)

O grupo radical islâmico da Nigéria Boko Haram anunciou, numa mensagem gravada, a sua fidelidade ao auto-denominado Estado Islâmico (ISIS)

“Anunciamos a nossa fidelidade ao califa dos muçulmanos Ibrahim ibn Awad ibn Ibrahim al-Husseini al-Qurashi  e que vamos ouvir e obedecer em tempos de dificuldade e prosperidade”, ouve-se na mensagem, divulgada no Twitter pelo grupo SITE, que monitoriza as atividades terroristas. A mensagem continua: “Apelamos a todos os muçulmanos em toda a parte para jurarem fidelidade ao califa”, considerado o sucessor de Maomé, o líder máximo dos crentes muçulmanos.

635614105232918022_rtr4rfs4

Segundo o grupo, a voz que se ouve no comunicado é mesmo a do líder do Boko Haram, Abubakar Shekau.

Ibrahim ibn Awad ibn Ibrahim al Husseini al Qurashi, mais conhecido apenas por Abu Bakr al-Baghdadi, é o líder do Estado Islâmico, que tem vindo a aceitar as declarações de fidelidade de outros grupos jihadistas do Médio Oriente, Afeganistão, Paquistão e países do norte de África.

Nos últimos meses, o Boko Haram começou a divulgar vídeos com semelhanças aos do Estado Islâmico no Iraque e na Síria. Ainda este mês, divulgou um que mostra, alegadamente, dois homens a serem decapitados.

Rita Katz, diretora do SITE, explica que com esta aliança, o Boko Haram passa do estatuto de um grupo jihadista local para o de um importante braço do Estado Islâmico. “Com a vasta rede do Boko Haram no norte de África, o plano do Estado Islâmico de criar um califado islâmico ganha força”. Por outro lado, acrescenta, as infraestruturas, recursos e capacidades militares do Estado Islâmico “vão permitir ao Boko Haram expandir as suas operçaões e controlar ainda mais rapidamente o norte de África.”

Fonte: VISÃO
Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas