História Insólito

Britânico alega ter encontrado planta da arca de Noé

Irving Finkel, curador do museu britânico e autor de “A arca antes de Noé”, encontrou uma placa com mais de 4 mil anos que descreve os materiais e as medidas para construir a Arca de Noé. Ela também descreve a Arca de uma maneira nunca antes concebida por arqueólogos: como sendo redonda.

Finkel escreve sobre a sua descoberta numa publicação no blog do museu. Um dia, Douglas Simmonds o abordou no museu com uma placa dada a ele por seu pai. Seu pai trouxe alguns artefactos do Egipto e da China depois da guerra, no final dos anos 40. A placa tornou-se “uma num milhão”, disse Finkel. Datada de 1.750 a.C., ela conta a “História do Dilúvio” babilónico. A história babilónica e suas similaridades com a história recontada no Livro do Génesis já são conhecidas, mas esta placa “surpreendentemente tem novos conteúdos”, disse Finkel. ct-planta-arca-de-noe2 Apresenta-se uma lista de alguns dos materiais que um Deus disse ao Noé da Babilónia usar na sua arca: “Quantidades de corda de fibra de palmeira, balizas de madeira e tonéis de betume quente para impermeabilizar o barco pronto… a quantidade de corda descrita, esticada numa linha, poderia alcançar de Londres a Edinburgo!” A arca deveria ter uma área de cerca de 3,6 km quadrados — mais ou menos do tamanho de um campo e meio de futebol — com paredes de seis metros de altura. Entretanto, o aspecto da descrição que mais chocou Finkel é o de que a arca era redonda.

“Pelo que conheço, nunca ninguém falou sobre essa possibilidade”.  

ct-planta-arca-de-noe1

Obrigado por nos dizer como este artigo o fez sentir! Agora conte a todos partilhando - .
Como este artigo o faz sentir?
  • Fora de Mim
  • Fascinado
  • Apoiado
  • Indiferente
  • Assustado
  • Chateado
Partilhas